Contos Verídicos no Face
Disque Sexo
Disque Sexo
Categorias

Primeira transa rumo a faculdade

outubro 31st, 2014

550013 444313722305032 704476241 n Primeira transa rumo a faculdade Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: T.U.
Conto: Há tempos Paulinha vinha cobrando uma noite a sós com ela. Era desejo, não fantasia; acordar comigo a seu lado.

Devido a minha esposa, era difícil realizar seu desejo, até que ela mesma teve a idéia.

Paulinha propôs que eu a levasse até a cidade de Sobral quando reiniciasse sua faculdade (Anhanguera) que aconteceria entre os dias 26 e 31/07/2010. Ela mesma iria falar com a Mazé (dizendo ter recebido telefonema de urgente de sua faculdade cobrando sua presença para reativação de sua matrícula sobe pena de perder mais aquele semestre letivo) para me pedir para levá-la até Sobral em caráter de URGENCIA.

Continue lendo….

Conhecendo um cabaré rumo a faculdade

outubro 31st, 2014

549829 442371035832634 211766852 n Conhecendo um cabaré rumo a faculdade Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: T.U.
Conto: Creio que estávamos na localidade de UMIRIM, logo, logo estaríamos na cidade de Itapipoca.

Paula não parava de acariciar meu membro, ela estava totalmente despida dentro do carro e eu somente de camisetas, nas mais, além disto, porem nossas roupas estava bem a mão caso fosse preciso eu vestiria o calção e ela sua pequenina sai e blusa. Quando passávamos por algum veiculo contrário, vários dos motoristas e passageiros buzinavam quando viam ou peitos Paula. Riamos a cada buzinada. Paula não parava de manipular meu membro que segui em riste e vez ou outra abaixava a cabeça e mamava meu membro. Vários momentos pedi-a para parar a fim de concentrar-me na estrada. Na velocidade que íamos, uma gozada na poderia ser mortal.

Continue lendo….

Reconciliação sexual X Anal por Amor

outubro 31st, 2014

550145 425460940856977 888525817 n Reconciliação sexual X Anal por Amor Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: E.W.
Conto:

Na ultima semana em que estive com Catiana, do dia 16 a 18/03 de 2012, não estávamos muito bem devido a interferência de minha companheira que não aceita a separação, apesar de ela saber que todos os fins de semana vou me encontrar com Catiana.

Por que não estávamos bem? Catiana não aceita a condição de ser a outra e eu não quero Catiana como amante. Então deduzi que ela ia terminar nossa relação e caso isto não acontecesse eu iria lhe pedir um tempo até que eu resolvesse minha vida conjugal.

Continue lendo….

Sexo na copa

outubro 31st, 2014

551342 481261011929605 1305568826 n Sexo na copa Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: P.K.
Conto:

Dia 15-06-2010 Aqui em Fortaleza estava e ainda hoje dia 23-06-2010, encontra-se em greve de transporte escolar, era o primeiro jogo da Seleção Brasileira na copa da África.

Haveria encontro de minha família na casa de minha irmã, Mazé foi somente assistir ao jogo, voltou ao trabalho em seguida. No caminho para o shopping meu celular toca, era Paulinha. Não atendi, explicando a Mazé que deveria ser algum cliente, como não voltaria a trabalhar não tinha por que atender.

Após sair de estacionamento, liguei para ver o que Paula queria.

Continue lendo….

Relato verídico

outubro 31st, 2014

481389 441751422561262 1684959165 n Relato verídico Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: A.V.
Conto:

A história que passo a relatar é absolutamente verdadeira. Ainda que possam julgar fantasiosa, para os incrédulos, reafirmo, tudo que transcrevo é a mais absoluta expressão dos fatos, tal como ocorreram. Utilizo deste relato para desabafar e receber opiniões e talvez críticas. Não me vanglorio do que aconteceu, mas também não me arrependo. Peço apenas paciência com os erros que cometi, inclusive os de grafia.

Me chamo André e tenho 41 anos. Casei-me muito cedo, aos 22 anos e apesar da vida sexual intensa e satisfatória, o casamento ruiu oito anos depois. Divorciei-me e aos 35 anos, em 2001, já estava casado novamente. Minha segunda mulher, também divorciada, já tinha uma filha, à época contando 11 anos e logo tivemos um garoto.

Continue lendo….

Enrabando minha sogra amante

outubro 10th, 2014

images Enrabando minha sogra amante Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: D.H.
Conto: Fomos ao banheiro, nos lavamos e colocamos roupas mais descentes para irmos ao restaurante. Paula levou uma pequena sacola com roupas para sua mãe trocar.

Aproximei-me da piscina chamei por Fátima e esperei sua vinda na escada. Ela subiu calmamente a escada, dei-lhe a mão pra que apoiar-se, notei que ao pegar minha mão, não fez aquela força para subir seu corpo, ela a segurou com carinho, porem, sem esconder a tensão e nervosismo do momento. Sua mão tremia.

Fiquei a imaginar o porquê daquele nervosismo. Ela estava nervosa por ter escutado eu e Paulinha transar e achar que sabíamos? Ou estava nervosa por estar excitada?

Continue lendo….

Transando minha amante para sua mãe ouvir

outubro 10th, 2014

480452 443379022398502 45833915 n Transando minha amante para sua mãe ouvir Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: P.P.
Conto: Olá caros e amigos leitores.

Desculpem-me a ausência, mas o trabalho me impede de contribuir mais com vocês.
Este relato trata de uma semana de folgas que Paulinha reservou para si e de quebra…
Posso me exceder, trocar ou modificar alguns diálogos a fim de dar uma melhor conotação e sensualidade ao relato, mas os personagens e suas ações, locais e datas aqui transcritos são todos reais.
No relato anterior que narro sobre uma viagem com Paulinha, RUMO A FACULDADE, eu estava disposto a dar um basta em nosso relacionamento a fim de não prejudicar a vida futura dela o que acabou não acontecendo.

Continue lendo….

Viajem perigosa

outubro 10th, 2014

481845 439328702803534 979600393 n Viajem perigosa Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: J.B.
Conto:  No Carnaval deste ano, fizemos uma orgia total, Eu, Olivia e sua Mãe, nada foi programado, aconteceu! Apesar de eu e Olivia, desejarmos a tempos levar a Mazé para a cama conosco. Durante a orgia, Eu e Olívia, prometemos a sua mãe que não mais manteríamos algum tipo de relacionamento sexual, o que acabou acontecendo. Porem, sempre que nos encontramos em eventos familiares, fica difícil disfarçar, principalmente, quando a Mazé está ausente a estes eventos devido ao trabalho, ela gerencia uma loja, em shopping. Para piorar, tem a Paulinha, uma safada, que não deixa de nos atentar, parece aquele capetinha em nosso ouvido. Pois bem… Paulinha sabe e  participava, de nossas transas; certa vês, me propôs doparmos Olivia com sonífero, ou a embriagarmos, mas… Olivia pouco bebe no Maximo, dois copos de cerveja em algum show, ou algo assim.

Continue lendo….

Vizinha Georggia

outubro 10th, 2014

427244 212000465612097 322062088 n Vizinha Georggia Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: G.Ç.
Conto:

Como combinado, sai do escritório por volta de 11:20 do escritório para encontra Geórgia, garota da sala vizinha que conheci sexualmente sábado passado dia 26/09/09,ela já estava minha espera, fizemos de conta que havíamos nos encontrado casualmente, pois o local e de grande movimento e não podíamos vacilar. Fizemos um grande circular a pé, pegamos um ônibus, por ultimo um táxi. Neste percurso conversamos sobre o sábado, como ela tinha conseguido aguardar até aquele dia. Disse que, várias vezes; teve vontade de ir à minha sala e antecipar o encontro. Confessei que foi recíproco, mas que tínhamos que manter o segredo para não complicar.

Continue lendo….

Boceta Oferecida

setembro 26th, 2014

179233 432940076786197 2058852643 n Boceta Oferecida Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: H.V.
Conto: Quem acompanha meus relatos deve ter lido NIFETA OFERECIDA acontecido em 2010, o relato de agora é com a mesa NINFETA agora com 18 anos.

Em Novembro de 2010 fui assediado por uma Linda ninfeta de 16 anos só que, em seus documentos constavam com 17. Hoje ela tem 18 anos, naturalmente já é adulta não importa mais seus documentos. Não cheguei a penetrar a putinha como devia, gozei na junção de suas pernas, leiam NINFETA OFERECIDA.
Nesta segunda feira, dia 30-04-2012 foi diferente, penetrei em todos os orifícios imagináveis.
Desde o enterro de minha sogra, que eu não me contatava com Aneide, há umas duas semanas (não lembro bem a data) Aneide me telefonou dizendo ter completa 18 anos e estava me ligando para eu terminar o que havíamos começado.

Continue lendo….

As férias de Paulinha

setembro 26th, 2014

107883 As férias de Paulinha Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: R.M.
Conto:

Conto neste relato, o que aconteceu ontem dia 28/02/2010, mas, poderia ter sido diferente, se a gata que conheci (se é que podemos dizer que conhecemos alguém simplesmente pelo teclado ou telefone), dias antes do carnaval pelo Orkut de meu filho, não tivesse faltado e me dado um cano, mas… Segundo ela, foi desmarcada viagem prevista para a sexta Feira que antecedeu o Carnaval.

Bem. Eu havia enviado email para Olívia comentando que tinha conhecido Aline pelo MSN. Houve uma ponta de ciúmes, reclamações de que; por isto eu há vinha evitando-a, depois, os conselhos, acompanhado de um pedido exigente: Só não aceito que me abandones.

Continue lendo….

As férias de Paulinha continuação

setembro 26th, 2014

46905 449262381810166 199609782 n As férias de Paulinha continuação Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: R.M.
Conto: – Ué… Vocês estão gozando, me deixando pra traz e ainda querem que eu fale algo? Eu estava pronta para gozar… Era só ele ter metido em mim, eu teria gozado, mas tu… Egoísta! Soltou um sorrisinho e beijou Olívia, virou-se para mim, pegou minha mão, levou a sua boceta, me fez acariciá-la, lambeu e mamou meu membro, limpando o que restava de esperma. Cruzou seu corpo sobre o nosso e ficou passando meu membro e o que saia dele em seus mamilos. Segurava meu membro premia a cabeça, abria o pequeno orifício, tentando meter seu mamilo (quando excitado, é maior que o clitóris da Olívia), dentro dele, ora lambia e mamava, ora fazia toda a brincadeira novamente, em seus seios e mamilos. Meu membro começou a dar sinais de vida novamente, Olívia pediu para ir ao banheiro limpar-se e trazer uma toalha, para que não sujássemos a cama.

Continue lendo….

Fui visitar um amigo

setembro 26th, 2014

download Fui visitar um amigo Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: M.L.
Conto:

Meu nome é Marcelo, tenho 33 anos, sou moreno claro, 1,70 de altura e 80Kgs, pernas grossas e uma bundinha bem carnuda.

Tudo aconteceu quando um amigo meu (que já tinha me comido há muito tempo) me ligou querendo saber como eu estava e coisa e tal.

Ele estava morando em Peruibe e estava casado, perguntou se eu não queria ir no próximo final de semana para visita-los e matar a saudade.

Continue lendo….

mara_kdella sonhei com você

setembro 26th, 2014

SM18 mara kdella sonhei com você Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Dom Grisalho
Conto:

mara acordei esta manhã viril, louco de desejo, houvera sonhado com você.

Acordei querendo apenas você, a vontade era maior que tudo.

Querendo colocar minhas mãos fortes e firmes em torno de seu corpo, querendo inteiro estar dentro de você…

Sua boca quente, macia, molhada beijando a minha. Meu corpo desejando o seu, querendo sentir minhas mãos em cada pedacinho de seu belo corpo, do mais descoberto ao mais proibido.

Continue lendo….

APANHANDO COMO PUTA

setembro 4th, 2014

487820 427522900650781 116637044 n APANHANDO COMO PUTA Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: R.M.
Conto:

Sempre que escrevo algo para divulgar salto às apresentações imaginando que todos os leitores conhecem minha história. Um grande engano.
Quando nos conhecemos, eu e Paulinha ( a quem chamo de Linda) fazíamos sexo por pura satisfação e ou realização de nossas fantasias, por não termos coragem de nos expor a qualquer um. A vergonha era uma palavra que não existia entre nós em matéria de sexo.
Mesmo assim sempre nos respeitamos em publico. Ninguém exceto por sua mãe D Fátima e Olivia minha enteada sabem de nossos encontros.

Continue lendo….