Contos Verídicos no Face
Disque Sexo
Disque Sexo
Categorias

Convidada a navegar e fuder

dezembro 21st, 2014

205285 443867735682964 1251224214 n Convidada a navegar e fuder Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Z.M.
Conto: A amiga de Meg, a Lúcia, que os leitores já conhecem, esteve em nosso apartamento outro dia. Estava bem queimada de sol.
– Gente, estive em Angra. Uma delícia de lugar, vocês conhecem?
– Sim, já estivemos lá algumas vezes.
– Sol maravilhoso, olha só como queimei!
E nos mostrou os seios, que não tinham marquinha alguma. A Meg sacou logo que ela queria contar alguma coisa interessante.
– Onde é que você tomou sol pelada, dona Lúcia? Nas praias é que não foi!
– Ah! Nem te conto!

Continue lendo….

No Motel com Paulinha

dezembro 20th, 2014

267977 545591925471115 114114702 n No Motel com Paulinha Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: R.M.
Conto: No relato anterior (Desejos contido em O Defeito), combinei com Paulinha, que compraria o consolo e nos encontraríamos em um Motel no centro, pois eu teria que ir fechar o escritório. Em 28/05/07

Saímos, ela ficou me esperando na esquina, devolvi as chave da casa de Olívia e disse a minha sogra que não tinha achado defeito no carro de Olívia melhor que o levasse a oficina. Chamei um táxi e apanhei Paulinha no local combinado. Ela desceu em uma lanchonete no centro de Fortaleza, pedi para que fosse ao Vip Motel, procurasse Antonio em meu nome e me telefonasse. Passei em um sexy-shopping, adquiri o consolo (que coisa cara!); e segui para o escritório, quase todos já haviam saído, estavam somente o João (administrativo), e Marcilene secretária e atendente (o avião recém-contratada a mais ou menos 20 dias, período em que estive com a Virose; pessoa com qual já tive caso sério- no passado), dispensei o João e fiquei resolvendo pendências com Marcilene. Perguntei se ela estava gostando, falou que já tinha se adaptado aos colegas de trabalho, mas que ainda não me conhecia como patrão, estava com receios. Sorri e disse a ela:

Continue lendo….

Conheci na Internet

dezembro 19th, 2014

15 morena arreganhada vibrador 2 Conheci na Internet Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: W.R.
Conto: Meu nome é Hermes, tenho hoje 55 anos, e o que vou narrar aqui, aconteceu comigo, há dois anos, quando eu estava trabalhando em uma cidade de outro estado que não o meu.
Sou casado há 32 anos e tenho duas filhas, uma com 31 anos e outra com 23 anos. Eu e a minha mulher não nos damos bem, principalmente na cama, pois ela mal permite que eu a penetre na buceta, detesta chupar meu pau, e nem imaginar falar em sexo anal.
Não sou do tipo galã, mas sou um coroa até bem apanhado, apesar dos kilinhos a mais. Minha pica é do tipo normal, 15 cm, e eu procuro sempre me manter totalmente depilado nas partes íntimas.
Tenho um fogo que nem sei se é normal. Fico com tesão com muita facilidade, até com cheiro de perfume feminino eu fico de pau duro.

Continue lendo….

Meu tio me pegou

dezembro 11th, 2014

547814 553102338063904 1641724354 n Meu tio me pegou Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Drii all
Conto: Nas últimas férias, fui pro sítio do meu tio Fernando. Como meus pais não podiam me levar, fui de onibus.
Lá, mora só ele e meus primos Bruno e Aline.
Quando cheguei, estavam todos sentados na varanda, me esperando.
O tio Fernando é o tipico fazendeiro. Todo fortão, sempre sem camisa, exibindo o peito largo e peludo. Calça jeans velha, larga e surrada. E botinões pra andar no meio do mato. Tem um bigodão preto, que deixa ele parecendo aqueles xerifes de filme de cowboy. Assim que me viu, olhou bem pra mim e pro meu corpo todo, como se tivesse medindo cada parte, e falou “Como você cresceu, Dri. Tá uma moçona muito bonita!” sorrindo, enquanto fumava seu cachimbo. Retruí o sorriso toda timida.
Fazia tempo que não os via. Meu tio não tinha mudado nada. Mas fiquei surpresa como meus primos tinham crescido. O Bruno, tem só dois anos mais que eu. Só que parece bem mais velho. Todo musculoso, peludo, voz grossa, barba. Um homem de verdade! Ele é moreno, cabelos pretos cacheados e os olhos pretos, sempre brilhantes. Muito bonito.

Continue lendo….

O fim de semana no sítio

dezembro 11th, 2014

525036 212000615612082 981992600 n O fim de semana no sítio Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: C.A.
Conto: Certo dia fomos convidados para ir no sítio de um casal amigo nosso no aniversário da mulher dele de nome Desirée, só não sabíamos quem também ia se só nôs ou mais gente conhecida ou não mas aceitamos e lá fomos para o sítio r ao chegarmos reparamos que com certeza tinha mais convidados a chegar, modo gomos tirando as malas com as poucas roupas que levamos já preparando para ir para a piscina antes preparamos umas caipiras para começar o dia e assim ele foi passando e reparamos que não chegava ninguém da essa altura já estávamos meio tontos e foi aí que nosso dia começou a ficar com o clima quente, eu já tinha reparado na Desirée como também tinha registrado que o meu amigo marido dela que vou chama lo de bello não tirava os olhos da minha mulher conclusão:

Continue lendo….

A PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO

dezembro 11th, 2014

484758 442508302485574 2062737810 n A PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: P.G
Conto:

Bom… Eu já tenho alguns contos publicados aqui, sempre fui muito safado, se fosse escrever todas as minhas experiências sexuais, teria que escrever um livro ao invés de alguns contos.

Em 2001 eu fui promovido a gerente da loja em que trabalhava há seis anos, foi muito legal, pois eu almejava muito este cargo. O pessoal recebeu muito bem a minha promoção porque eu sempre respeitei a todos e sempre tive um ótimo relacionamento interpessoal. Principalmente com a gostosa do crediário, seu nome é Francine, ela tinha na época 20 aninhos enquanto eu 27. Éramos amante à pouco mais de um ano e nossas transas sempre foram muito intensa. Fran é branquinha, tinha seios médios, bundinha bem formadinha, magrinha cabelos lisos e negros, uma delicinha, ela só tinha um pequeno problema: adorava comentar nossas tranzas com as amigas da loja. Descobri isto no dia da nossa primeira tranza. Havíamos acabado de fazer um amorzinho muito gostoso e fomos à banheira nos recompormos para uma segunda, de repente vejo-a com o pensamento meio longe e perguntei o que era, para a minha surpresa a resposta foi:

Continue lendo….

Conto do Rafael

dezembro 11th, 2014

01 Conto do Rafael Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: R.F.
Conto: Ola o que venho relatar aqui aconteceu de verdade a uma semana neste mês.. Me chamo Rafael e tenho 19 anos..Sou alto de 1.85, branco, de um pau de 16cm e de corpo forte..Eu sou solteiro e moro sozinho em SP – Capital. Pois bem o que venho contar aqui aconteceu mesmo. Estava eu chegando em minha casa que é alugada, mais ou menos por volta das 19:00 horas da noite, quando chega junto comigo a dona da casa aonde eu moro, ela tem 45 anos ! Uma coroa muito gostosa ! Morena de cabelo preto e longo.. De bunda grande e de seios enormes..Eu sempre olhei ela mas nunca tive coragem de chegar nela por eu ser mais novo e ela ser casada e ter duas filhas ! Bom, acabamos nos encontrando aquele dia no portão por conhecidência e ela veio falar comigo coisa que nunca aconteceu !… – Oi Rafael tudo bem ?

Continue lendo….

Fim de semana com minha tia

novembro 19th, 2014

522459 529472847090832 1168653812 n Fim de semana com minha tia Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Drii All
Conto: Fim de semana passado fiquei na casa da minha tia Amanda, à convite do meu primo Enzo. Ele mora com meus tios e sua irmã Luana. Meu tio e minha prima tinham viajado. Então estavamos só eu, ele e minha tia.

Cheguei lá na sexta-feira a tarde para ficar até domingo. Minha tia, tinha saido e nem sabia que eu tava na casa.

O Enzo era mais velho que eu. Fazia um tempo que a gente não se via e fiquei impressionado como ele tinha mudado. Voz grossa, barba, corpo sarado. Tatuagem no braço. Um homem de verdade.

Naquela noite, ficamos de boa em casa, só de cueca no quarto. Conversamos bastante, chamamos umas pizzas. jogamos video game e mexemos no computador.

Continue lendo….

Bela orgia da turma da faculdade

novembro 19th, 2014

522079 4961263962235 1336677641 n Bela orgia da turma da faculdade Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: A.P.
Conto: Se as festas do cabide aconteciam na calada da noite, os churrascos aconteciam enquanto durava o dia. E viravam orgias mesmo!
Lembro de um, na fazenda dos pais de um colega nosso. Evidentemente os pais não estavam lá no dia em que fomos. E mal chegando já fomos todos tirando as roupas. Num grande gramado que havia perto da churrasqueira, ficamos jogando bola, todo mundo pelado, homens e mulheres, e o jogo servia só para agarrarmos as meninas.
Terminado o jogo, elas foram se refrescar com banhos de mangueira, o que serviu para novas brincadeiras, com elas molhando todo mundo que aparecia por lá. E aí observamos que a farra já começava. Já tinha gente chupando o pau de colegas sentados nas cadeiras perto da churrasqueira. Alguns assistiam, outros se divertiam vendo as meninas molhando todo mundo.

Continue lendo….

Um amigo nos convidou para o aniversario da esposa

novembro 19th, 2014

521495 446692925400445 1139593779 n Um amigo nos convidou para o aniversario da esposa Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: K.N.
Conto: Meg e eu fomos convidados para o aniversário de Rosali, esposa do Márcio, grandes amigos nossos. Eles moravam numa belíssima casa, com piscina e tudo.
Ao chegarmos, Márcio nos recebeu e nos levou para a piscina. A Rosali acabava de se aprontar e ele queria fazer uma surpresa a ela. Ali estavam mais dois casais e mais três garotas, belíssimas. Ficamos todos ali, em silêncio, aguardando que ela descesse. O marido já providenciara algumas garrafas de fino champanhe, que deveríamos abrir quando Rosali chegasse.
E eis que ela chega e quando abre a porta que dava para a piscina, foi recebida com gritos e champanhe estourando e as taças sendo enchidas e brindes sendo feitos. O clima estava festivo e sensual, pois as três garotas sozinhas estavam vestidas para matar. Uma delas, morena, alta, com um vestido com um decote que permitia ver praticamente os seios dela, e que eram muito bonitos. As outras duas com minissaias super apetitosas também.

Continue lendo….

O vizinho do meu amigo

novembro 17th, 2014

download O vizinho do meu amigo Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Drii All
Conto: Um dia, na escola, meu amigo Rafael me convidou pra passar o fim de semana na casa dele, porque seus pais tinham viajado “Tudo bem, mas vou até em casa pegar umas coisas” e ele “Não precisa. Tem tudo lá e somos quase do mesmo tamanho. Também tem escovas de dente novas” olhei pra ele “Então tá.”
Almoçamos e como tava o maior calorão, fomos jogar bola na piscina. A gente ficou jogando dentro da agua, fazendo a maior zueira, gritando e rindo.
O Rafa, apesar de ter mais ou menos, a mesma idade que eu, era mais desenvolvido fisicamente. Era mais alto e musculoso, a voz mais grossa e tinha mais pelos no corpo.
Ele tem uma irmão mais novo, o Gabriel, que faz questão de ser chamado de Gaby. Tooodo gayzinho. Fala fino, tem uns jeitinhos bem femininos, gosta de brincadeiras e coisas de menina.

Continue lendo….

O diretor da escola

novembro 17th, 2014

09 Novembro2 O diretor da escola Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: шɛ λя3 Ϯɧɛ ϟ
Conto: Um dia, no intervalo da escola, fui fazer xixi na pia do banheiro das meninas, só de zuera. Mas aquela brincadeira, terminou de um jeito bem inesperado.
Uma garota saiu de um dos reservados, ficou olhando pra mim e pra minha rola, de olhos arregalados e com a mãozinha na boca. Depois foi correndo na diretoria, contar tudo.
Sentado numa cadeira na sala da direção, na frente da mesa do Dr. Antonio o diretor, eu tava muito nervoso, tenso, sem saber o que fazer. Só esperando a bronca.
Ele ficou um tempão me olhando de braços cruzados, depois falou “Quer dizer que temos uma nova aluninha na escola?” eu não sabia o que falar, e ele olhando sério pra mim “Você faz xixi sentadinha, tambem?” fiquei vermelho e olhei pro chão.
Aí o Dr. Antonio bateu com força na mesa, me dando um susto e gritou “Vou te suspender uma semana, pra voce parar com essas gracinhas!” eu, tremendo “Naaaum, meu pai vai me matar!”

Continue lendo….

Primeira transa rumo a faculdade

outubro 31st, 2014

550013 444313722305032 704476241 n Primeira transa rumo a faculdade Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: T.U.
Conto: Há tempos Paulinha vinha cobrando uma noite a sós com ela. Era desejo, não fantasia; acordar comigo a seu lado.

Devido a minha esposa, era difícil realizar seu desejo, até que ela mesma teve a idéia.

Paulinha propôs que eu a levasse até a cidade de Sobral quando reiniciasse sua faculdade (Anhanguera) que aconteceria entre os dias 26 e 31/07/2010. Ela mesma iria falar com a Mazé (dizendo ter recebido telefonema de urgente de sua faculdade cobrando sua presença para reativação de sua matrícula sobe pena de perder mais aquele semestre letivo) para me pedir para levá-la até Sobral em caráter de URGENCIA.

Continue lendo….

Conhecendo um cabaré rumo a faculdade

outubro 31st, 2014

549829 442371035832634 211766852 n Conhecendo um cabaré rumo a faculdade Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: T.U.
Conto: Creio que estávamos na localidade de UMIRIM, logo, logo estaríamos na cidade de Itapipoca.

Paula não parava de acariciar meu membro, ela estava totalmente despida dentro do carro e eu somente de camisetas, nas mais, além disto, porem nossas roupas estava bem a mão caso fosse preciso eu vestiria o calção e ela sua pequenina sai e blusa. Quando passávamos por algum veiculo contrário, vários dos motoristas e passageiros buzinavam quando viam ou peitos Paula. Riamos a cada buzinada. Paula não parava de manipular meu membro que segui em riste e vez ou outra abaixava a cabeça e mamava meu membro. Vários momentos pedi-a para parar a fim de concentrar-me na estrada. Na velocidade que íamos, uma gozada na poderia ser mortal.

Continue lendo….

Reconciliação sexual X Anal por Amor

outubro 31st, 2014

550145 425460940856977 888525817 n Reconciliação sexual X Anal por Amor Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: E.W.
Conto:

Na ultima semana em que estive com Catiana, do dia 16 a 18/03 de 2012, não estávamos muito bem devido a interferência de minha companheira que não aceita a separação, apesar de ela saber que todos os fins de semana vou me encontrar com Catiana.

Por que não estávamos bem? Catiana não aceita a condição de ser a outra e eu não quero Catiana como amante. Então deduzi que ela ia terminar nossa relação e caso isto não acontecesse eu iria lhe pedir um tempo até que eu resolvesse minha vida conjugal.

Continue lendo….