Chupando o pau do meu lindo filho

Para quem ainda não leu nenhum dos meus relatos publicados por mim aqui neste delicioso e tesudo site; eu sou uma professora do segundo grau de uma cidade e de um estado do interior do Brasil. Tenho 38 anos de idade, 1.72 de altura, 60 kg muito bem distribuidos por um belo e tesudo corpo e calço número 35 em meus belos e delicados pés. Me tornei por acaso uma adepta e praticante do incesto e garanto que é uma delícia poder praticar o sexo com alguém tão próximo da família e sendo assim, realto a seguir uma nova aventura no campo do erotismo e do sexo, mais uma vez com o meu lindo e amado filho. Desde que o meu filho havia me descabaçado no cuzinho, essa história eu já relatei aqui mesmo; ele certamente, com sentimento de culpa ficou receoso de continuar se esfregando nas noites que dormia comigo na minha cama e principalmente, depois, que passou a ter uma namorada firme, ele praticamente deixou de dormir comigo. No entanto, comecei a perceber que quando chegava da faculdade trazendo ela, ao trepar com a namorada, não sei se de forma proprosital, ele gemia bem alto, urrava feito um touro no cio enquanto metia gostoso o seu cacetão ora na bocetinha dela, ora no cuzinho dela. Foi então, que na noite deste feriado de 15 de Novembro, depois de ter ido com a bela e tesuda namorada em uma boate, após deixá-la em casa, ele retornou e foi direto pro quarto dele pra deitar e dormir. Acho que ele excedeu-se um pouco na bebida e do jeito que chegou, deitou. Isso, por volta das cinco da manhã. Como boa e dedicada mãe que sempre fui e continuo sendo, principalmente depois que me separei do pai dele há dez anos atrás, me levantei e ví que a luz do seu quarto estava acesa. Fui até lá e o vi dormindo completamente vestido e calçado. Não pensei duas vezes, só vestida com uma camisola sem nada por baixo, só durmo assim, me aproximei e ficando de cócoras ao lado da sua cama, tirei dos seus pés os dois calçados, as meias, desfilei o cinto, abri a calça, desci o ziper e fui puxando a calça pra baixo até deixá-lo somente de cueca. A seguir, com um pouco de esforço, consegui tirar a sua linda camiseta e vi que o seu pau havia aumentado enormente de volume, fiquei excitadíssima. Me levantei, apaguei a luz e quando peguei o edredon para cobri-lo não me segurei, me abaixei, peguei na sua cueca e a abaixei um pouco e vi a enorme cabeça avermelhada do seu pau ainda todo melado de porra e certamente o gozo e os liquidos da xoxota da sua namorada. Pois, quando ele não a comia dentro do seu quarto, ele a comia dentro do seu carro em frente à casa dela. Com cuidado, para não acordá-lo, abaixei um pouco mais a sua cueca e fiz o seu pau saltar pra fora, que lindo pau tem o meu filho. Deve ter uns dezenove centímetros de comprimento, grosso e cabeçudão, do jeito que qualquer mulher na minha idade gostaria de chupar, beijar, lamber e sugar gostósamente. Olhei na direção do seu rosto e vi que ele dormia tranquilamente e aí então, com muito cuidado, pra não acordá-lo, segurei na base do seu pau, arregacei a enorme glande que cobria a avermelhada cabeçona e dei uma linguada, que delícia que eu senti! Tomando todo cuidado, passei a minha faminta língua por a extensão daquele pau do meu lindo e amado filho, ele deu uma gemida, eu me assustei, quis sair, mas ele continuou dormindo. Novamente comecei a beijá-lo no corpo do pau, lambi e o cheirava, tinha um forte cheiro de porra de macho misturado com líquidos de xoxota de uma mulher que havia gozado gostoso naquela pica e ao invés de me sentir enojada, eu senti sim, foi muito tesão e aí, já não me controlando, abri minha boca e fui agasalhando com os meus grossos e macios lábios a cabeça do pau do meu filho, que delícia de pau! Com a mão esquerda eu segurava o seu lindo, enorme e duríssimo cacete, e com a mão direita eu me siricava, que devassa que eu sou! Já sabendo que ele não acordaria tão cedo, talvez pensasse até que estivesse tendo um sonho erótico com alguém chupando o seu pau, eu comecei a chupar, lamber e sugar com força e vontade a sua pica ao mesmo tempo que a punhetava lentamente, e ainda, me siriricava enfiando dois dedos na minha xoxota, foi demais! Naquele rítimo que estava chupando de forma deliciosa o seu pau, não deu outra, ele retesou o corpo e sem que eu pudesse esperar ele me inundou a boca e garganta com uma enorme quantidade de uma porra bem quente, viscosa e muito densa. Achei que fosse me engasgar e ter que cuspir tudo fora, mas que nada, eu engoli tudo, não deixei nada escapar e o que escorreu pelos cantos da minha boca eu colhia com meus dedos e enfiava na minha xoxota, gozei deliciosamente enterrando agora tres dedos na minha boceta e ainda, chupava o pau do meu lindo e amado filho que agora, depois de me ter enchido a boca com a sua deliciosa porra, agora, o seu pau amolecia tesudamete dentro da minha boca, foi demais! Ele ainda, coitadinho, está dormindo e eu, aqui, escrevendo a maravilhosa chupada que dei em seu pau, foi uma delícia, poder chupá-lo e ainda receber todo o seu farto gozo, por inteiro na minha boca e na minha garganta, foi uma chupada verdadeiramente de mãe pra filho. Loren Suzana.

8 Comentários para “Chupando o pau do meu lindo filho”

  1. Edupr Says:
    Que delicia de história.
  2. Alexandre Rizzo Says:
    Vagabunda, safada
  3. fernando Says:
    adoraria conhecer vc, ou pelo menos conversarmos por imail, senti muito tesao lendo seus contos, me add, magopotter1@hotmail.com
  4. silvio neri Says:
    olá quer ser minha mãe tbm me add no msn silvio.neri@hotmail.com bjs
  5. safado Says:
    Loren, sera que ele nao fingia que dormindo?
  6. amigo intimo Says:
    deliciosa, me adiciona no MSN meumelhoramigointimo@hotmail.com…, quero te conhecer e te fuder inteirinha, gostosa cachorra, safada…vadia deliciosa..adoro seu perfil
  7. Emerson Says:
    Sua vadia puta vagabunda boqueteira
  8. david Says:
    me encheu de tesão , me add no facebook david estalção trocada

Deixe Um Comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing