Com meus tios

Meus tios Roberto de 36 anos e tia Mara de 30 anos estavam de volta a nossa cidade depois de passar um ano trabalhando em outra cidade. Nossa família toda estava muito contente e feliz… Nas ferias eles alugaram uma casa na praia e como eu estava de ferias aceitei o convite deles para passar a temporada sendo que meus pais iriam nos finais de semana já que os dois estavam trabalhando… Quando ficamos sozinhos os três fui percebendo que meus tios eram o tipo de casal moderno… titia andava de calcinha e sutiã quando não estava usando aqueles biquínis tipo fio dental bem pequenos seu corpo era muito gostoso o que me dava muito tesão e logo ela percebeu e vinha me provocando meu abrasando esfregando o corpo no meu me deixando louco e isto acontecia também na frente do meu tio que não esquentava com as insinuações dela… titio era um homem alto corpo muito bem conservado pelos no peito coxas grosas… quando eles transavam não se preocupavam em fechar a porta e tive por várias vezes oportunidade e espiar… Um dia depois do almoço eu e ele fomos pescar, fomos para cima de umas pedras num lugar de difícil acesso ficando isolados de qualquer movimento… embora gostasse de pescaria não tinha muita pratica e titio me orientava como jogar a linha na água vindo por trás me orientando para segurar o caniço cada vez que ele vinha chegava se encostando em mim… estávamos só de sunga e num momento ele veio e colou o corpo no meu encostando na minha bunda fiquei meio sem jeito mas me mantive quieto depois do arremesso ele não se afastou e continuou ali atras eu quieto… ele então começou a falar sobre a natureza o mar e coisas assim enquanto esfregava de leve no meu traseiro sua mão estava no meu ombro e começou a passar de leve nas minhas costas brincando com meus cabelos… ficamos assim por algum tempo ate que ele saiu e foi ate uma pedra encostando-se pego uma latinha de cerveja e me chamou dando outra, notei o volume na sua sunga ele também percebeu o meu volume e sorriu…
— eu adoro pescar a gente ficar curtindo a natureza e aqui neste lugar é bom porque a gente fica tranqüilo sem ninguém pra incomodar as vezes quando a tua tia vem ela fica nua tomando sol enquanto eu pesco… eu na minha só ouvindo e olhando discretamente pro seu corpo bonito… então fui ate a beira onde havia colocado a vara de pesca pra examinar se não havia peixe ele veio por trás se encostando no meu corpo… colocou as mãos nos meus ombros…
— então teu peixe Bruninho?
— não sei direito titio acho que foi alarme falso…
— é mesmo deixa eu segurar a linha… ele chegou-se mais encostando-se todo fazendo sentir seu cacete…
— puxa fazia um tempo que a gente não se via, vc esta um garoto lindos corpo bonito… ele deslizou a mão pelo meu peito e me deu um beijo no rosto que mexeu comigo… embora nunca tivesse transado com homens me sentia atraído por ele sem duvidas…
— vem vamos sair desse sol e tomar mais uma cervejinha gelada… ele pegou duas latas dando uma pra mim, acendeu um cigarro encostando-se em uma pedra eu olhei pro lado procurando um lugar pra mim…
— vem encosta aqui no titio… ele segurou meu braço fazendo me virar de costas encostando e apoiando em sua coxa… ficamos trocando algumas palavras enquanto ele passava a mão de leve nas minhas costas e na cintura…
— que bonita esta tua sunga Bruninho…
— foi a mamãe quem comprou… ganhei de aniversario…
— fica muito bem em você, não gosto de usar calção muito apertado porque as vezes fico com o pinto duro e machuca alem do que não tem lugar pro pinto se estender… disse rindo… então ele colocou a mão por dentro do seu calção e colocou pro lado revelando bem o volume olhei e sorri… enquanto ele passava a mão sobre o volume… ele me puxou para o meio das suas coxas musculosas…
— vem aqui querido fica assim encostadinho no titio… isto assim bem juntinho… senti ele esfregando no meu bumbum… ele passando a mão no meu peito em cima dos meus mamilos que estavam arrepiados enquanto ele falava alguma coisa… ficamos assim por um bom tempo ate que a carretilha deu um sinal de peixe corri pro caniço começando e enrolar a linha ele veio ficando atras de mim se esfregando o tempo todo enquanto eu tirava a linha da água mas fora alarme falso não vindo peixe algum… então jogamos a linha na água novamente… ele me chamou…
— vem Bruninho vem aqui pro titio… quando cheguei perto ele me segurou de frente me puxando de frente fazendo encostar todo no seu peito e senti seu pinto de encontro ao meu…
— adorei te reencontrar meu sobrinho querido…
— eu também gostei titio o senhor é muito legal… ele deu uns beijinhos no meu rosto e pescoço…. desceu a mão passando em cima da minha bundinha e ficou alisando… derrpente a mão dele entrou por dentro do me calção envolvendo minha bunda…
— olha só que bumbunzinho macio…
— ai para titio… olhei pra cima das pedras…
— não te preocupa querido ninguém aparece aqui ainda mais agora final da tarde… ele se afastou um pouco fiquei de lado a mão dele por dentro da minha sunga com a outra mão alisava o volume…
— puxa olha só Bruno como estou isto aqui esta me apertando… acho que vou tirar pra fora… ele baixou o calção e o cacete saltou como uma mola, o pau dele não era grosso mas comprido a cabeça vermelha brilhando… sua mão ficou alisando como se tivesse batendo uma punheta…
— tira o teu calção também Bruninho…
— ai eu não titio alguém pode aparecer…
— não aparece não te preocupa… ele me virou de costas pra ele e foi baixando minha sunga e passou a mão no meu bumbum…
— olha só que bundinha linda… disse me acariciando depois me puxou novamente contra seu corpo…
— vem fica assim encostadinho… ele me acomodou de forma que o cacete dele ficou pra cima bem no meu rego…
— hum que delicia vc é um amor de garoto… tá gostando de ficar assim encostado no titio?
— to sim… respondi enquanto seus braços fortes envolviam minha cintura ele me beijava meu pescoço.. sua mão desceu segurando meu pau…
— olha só vc promete as garotas vão ficar loucas quando este cacete ficar maiorzinho… sua mão continuou a me punhetar lentamente bem gostoso… então me virou de lado continuando entre suas coxas… o pau dele encostando na altura do meu umbigo ele levou minha mão fazendo meus dedos envolverem seu cacete… comecei a fazer os mesmos movimentos que ele fazia em mim…
— puxa como é duro… comentei…
— tá assim por causa dessa mãozinha macia… sua respiração estava alterada depois de um longo tempo assim ele voltou a me beijar o pescoço passando a língua na mina orelha falando cheio de tesão…
— da uma chupadinha da…
— ai titio isso não eu nunca fiz isso…
— da uns beijinhos nele olha só como tá durinho tu não gosta do titio?
— gosto sim mas nunca fiz isso…
— só uns beijinhos Bruninho… da uma chupadinha vai… insistiu tanto que acabei cedento me agachei entre suas coxas peguei o cacete aproximando dos lábios e comecei a beijar…
— isto querido faz de conta que é um picolé… disse ele me fazendo rir.. atendi seu pedido passando a língua pelos lados fazendo ele gemer…
— isto meu garoto passa a língua no meu saco… suas mãos estavam nos meus cabelos abriu a boca colocando a cabeça e sugando…
— hum que gostoso que boquinha macia…
Fiquei um longo tempo chupando aquele pau gostoso depois me levantei aumentando os movimentos da minha mão ele gemendo a mão desceu para minha bunda o dedo escorregou pelo meu rego ate meu cuzinho pressionando…
— ai titio tá doendo…
— relaxa querido deixa e por o dedo neste cuzinho gostoso… ele colocou só a ponta do dedo quanto eu continuava a punheta-lo ate que ele gozou forte e longe… gemendo alto me abrasando todo… então quando menos esperava levou a mão ao meu rosto me dando um beijo na boca…
— então gostou de brincar com o titio?
— gostei sim.. falei sem jeito ainda segurando seu pau que foi ficando mole… depois de mais umas carícias ajeitamos nossas roupas recolhemos o material e rumamos pra casa…

Titia estava terminando a comida ela vestia uma camiseta de física bem degotada deixando ver os seios fartos… ela veio me abrasando quase me beijando na boca… me abrasado encostando os peitos na minha cabeça…
— então como foi a pescaria…
— tava ótima pescamos uns peixes pequenos mas soltamos…
— é não tivemos muita sorte hoje mas foi ótimo porque a gente conversou bastante pra se conhecer melhor… ele chegou perto de nos passando a mão nos meus cabelos me beijando o rosto… me deixando sem jeito…
— hum to vendo que vcs se intenderam muito bem…
— é o titio me ensinou a jogar a iscar e tudo mais…
— é mesmo meu am
or? E tu gostou?
— adorei titia…
— a comida esta quase pronta é melhor tomar banho rápido…
Depois do banho jantamos assisti um pouco de tv e fui me deitar no meio da noite acordei estava com sede sai do quarto e ao passar pelo quarto deles a porta estava aberta como sempre titia estava nua em cima dele de costas pra porta dava pra ver o cacete dele entrando no seu corpo fiquei olhando aquilo me deu um tesão… mas fiquei na minha e fui tomar água e dormir.
No outro dia acordei perto do meio dia… fiquei de bobeira na casa e coisa e tal, almoçamos o tempo passou… depois do almoço titia foi limpar a cozinha eu ajudei… o tempo estava ruim chovendo titia foi se deitar eu fui no quartinhos dos fundos…
— o que o senhor esta fazendo titio…
— oi meu querido entra estava arrumando o radio… ele ligou mostrando que tinha consetado depois sentou no sofá acendeu um cigarro… me chamando para sentar ao seu lado… ele colocou o braço em cima dos meus ombros fazendo encostar a cabeça no seu ombro… ele estava só de calção coloquei a mão no seu peito passando os dedos sobre os pelos…
— puxa pena que esta chovendo…
— porque tu queria pescar?
— é quem sabe…
— gostou de pescar com o titio?
— gostei sim pena que a gente não pegou nenhum peixe grande…
— outro dia a gente alugar um barco pra pescar no mar…
— é mesmo titio puxa eu nunca pesquei de barco.. o senhor me leva?
— claro que sim querido…
— tu vai ver como é bom ai sim a gente vai pescar pra valer é só jogar as linhas e recolher os peixes…
— puxa que legal vou adorar ai titio como o senhor é legal…
— tu vai adorar o passeio que a gente vai fazer… nos dois e a titia, ai a gente joga ancora coloca as linhas na água e fica assim juntinho… disse ele descendo a mão por dentro do meu calção tocando a minha bunda…
— mas com a titia junto?
— é o que tem querido a titia ia gostar de brincar com a gente… ele pegou minha mão colocando em cima do cacete sobre o calção… comecei a passar de leve a mão sentindo que ele ia ficando excitado e também…
— tu não gostou de brincar com o titio ontem… sorri pra ele falando que sim…
— então Bruninho não precisa ficar envergonhado por causa dela…
— ai sei la ela ia pensar que eu sou bicha…
— claro que não querido… a titia também gosta de brincar assim… tu iria adorar ver ela peladinha é uma gostosura…
— eu já vi, ontem me levantei pra tomar água e vcs estavam transando…
— é mesmo? E tu gostou de ver eu comendo a titia… ela tem uma bundinha gostosa como a tua… a mão dele desceu mais pelo meu rego tocando com o dedo meu cuzinho…
— hum que bundinha gostosa… tira o calção deixa o titio brincar com esta bundinha gostosa…
— a titia pode aparecer…
— que nada ela tá dormindo… vai ali fecha a porta e vem aqui… fiz o que ele mandou e voltei ficando em pé na frente… ele tirou meu calção… passando a mão nas minhas coxas me virando de costas e começou a beijar meu bumbum… a mão dele veio pra frente segurando meu cacetinho… era gostoso suas carícias ele pediu pra mim inclinar pra frente abriu minha bunda e começou a passar a língua no meu cuzinho me deixando mais excitado ainda… senti ele tirar o pau pra fora e ficou esfregando no meu rego depois mando eu fechar as coxas prendendo o cacete entre as pernas suas mãos ficaram alisando meu peito pressionando os mamilos enquanto beijava meu pescoço e a orelha…
— deixa o titio comer esta bundinha gostosa…
— ai não vai doer eu nunca fiz isso…
— eu ponho de vagar meu queridinho deixa… só um pouquinho… abre as perninhas… ele me encheu de carícias me deixando louco de tesão e cedi ele encostou a cabeça forçando o cacete e dei um grito quando senti a cabeça entrar…
— ai titio tá doendo muito tira, tira… pedi as lagrimas correndo no meu rosto… ele atendeu meu pedido me sentei ao seu lado ele me abrasando…
— tá não precisa chorar querido o titio não quer te machucar…. fui me acalmando ele me acariciando depois vesti meu calção… me sentando ao seu lado… e voltei a tocar seu cacete… por cima do calção…
— puxa como tá duro…
— tira ele pra fora… puxei o calção e segurei começando a bater uma punheta…
— hum que gostoso tu gosta?
— gosto sim..
— da uma chupadinha da querido… sorri pra ele me deitando a cabeça na sua barriga e comecei a passar a língua na cabeça sentindo aquele gostinho salgadinho depois beijei várias vezes passei a língua por todo ele abri a boca colocando a cabeça na boca…
— hum que gostoso que boquinha gostosa Bruninho…
— gosta titio?
— adoro meu querido tu chupa muito bem continua vai… me deliciei cada vez mais chupando o cacete dele o que me dava muito prazer e tesão… as vezes eu parava e batia uma punhetinha ele segurou meu rosto e me beijou a boca…
— hum que boquinha gostosa… chupa mais querido faz o titio gozar…
— voltei a colocar na boca a cabeça passando a língua por toda ele chupando cada vez mais…
— isto meu garotinho chupa o titio vai acabar… quando senti que ele ia gozar tentei tirar a cabeça…
— deixa eu acabar na tua boquinha meu querido deixa… ele fez eu mexer mais e mais então recebi na boca aquele liquido e cheguei a me engasgar mas fui engolindo e fiquei chupando sentindo o cacete amolecer na minha mão ele levantou minha cabeça me dando um beijinho de leve na boca…
A noite saímos pra jantar, como sempre estava um clima descontraído com meus tio que me tratavam super bem e não era só porque eu tava transando com titio sentia de verdade que eles gostavam de mim e titio ligou a tv estava começando um filme, titia foi trocar de roupa e voltou com um baby doll transparente deixando ver os seios grandes lindos… ela sentou do lado dele eu em do lado dela que me abraçou e ficamos os três juntos. O filme tinha algumas cenas sexi o que fio deixando todos muito excitados e titio começou acariciar os seios dela pelo degote titia não se importava eles começaram a se beijar cada vez mais e titia já tocava o cacete dele por cima da bermuda.. ela abriu o fecho colocando a mão por dentro e novos beijos…
— vou me deitar… falei…
— não vai não Bruninho fica aqui com a gente… disse titia..
— não tá gostando do filme? Perguntou titia respondi que sim…
— mas aqui tem uma gatona muito mais gostosa do que aquela do filme olha só que peito bonito… ele baixou a parte de cima mostrando os seios… ela me abraçou…
— toca neles Bruninho sente os seios da titia… sorri levando a mão..
— puxa como são macios….
— tu já viu uma mulher nua assim como a titia? Perguntou ele… falei que não e titia foi tirando tudo ficando pelada a minha frente os seios o ventre coberto por poucos pelos… ele começou a passar a mão por todos o corpo dela tocando a mão na xoxota…
— toca aqui pra ti ver como é gostoso…
— levei a mão tocando sentindo ela molhar meus dedos… comecei a imitar os movimentos que titio fazia e ficamos os dois acariciando o corpo dela que me puxou me dando um beijo na boca sua língua entrou tocando minha língua me deixando louco ela puxou minha camiseta por cima tirando e voltou a me beijar enfiando a mão por dentro do meu calção segurando meu cacete…
— mas olha só que gostoso nosso sobrinho…
— ele é um amor muito gostoszinho não é querido… que puxou meu calção de vez me deixando nu ele me abraçou fazendo sentar no seu colo… enquanto ela ficava perto agachada no sofá a minha frente… e baixou a cabeça começando a chupar meu pau…
— hum que cacetinho gostoso querido…
— ele é todo gostozinho disse o titio me beijando no pescoço e no rosto.. eu gemendo…
— tá gostando meu amor? Perguntou ela…
— to sim adoro vocês… respondi…
— ele é virgenzinho… falou titio…
— é mesmo? Então vou tirar esta virgindade dele…
— tu quer transar com a titia quer? Respondi que sim.. ela deitou-se no sofá me puxando por cima e titio colocou meu cacete na entrada da xoxota eu fui penetrando e comecei a mexer..
— hum que gostozinho este cacetinho Bruninho… ela levou minha boca pros seios que eu chupei pra valer enquanto titio beijava a minha bundinha passando a ponta da língua no meu cuzinho me deixando mais excitado ainda… depois sai deixando titio comer ela que ficou louca gemendo enquanto nos três nos beijávamos por todos os lugares…
— agora quero sentir este cacetinho na minha bundinha ela deitou-se por cima do titio eu vim por trás e enfiei sem problema no cu da minha tia era muito gostoso bem apertadinho muito gostoso… eu gemia cada vez mais e quando tava pra acabar ela pediu…
— vai aqui pro lado querido quero sentir o teu leitinho na minha boca.. ela colocou todo meu pau na sua boca e começou a pressionai-lo cada vez mais e por fim gozei na boca da minha tia que logo depois gozou também..
Depois de um banho fomos os três pra cama deles… titio deitou-se no meio ela começou a chupar o pau do titio…
— vai Bruninho chupa meu cacete com a titia… ela sorriu gostando da novidade me aproximei ela pegou o cacete levando a minha boca, fiquei louco enfiando a cabeça na boca enquanto ela chupava o saco as vezes nossas bocas se encontravam num beijo gostoso e depois o chupávamos cada vez mais ela sentou no cacete dele mais uma vez eu comecei a chupar o cacete e a xoxota ao mesmo tempo…
— mas que sacaninha que gostoso que linguinha maravilhosa… falava ela e depois de um tempo gozou.. me agachei chupando o pau do meu tio sentindo o gosto da xoxota dela e adorei ela veio junto me beijando todo o corpo e chupando o pau dela comigo e ele gorou na boca dela que procurou a minha dividindo o gozo do titio…
Depois dessa transa a gente se curtia todos as noites transávamos em qualquer lugar da casa era muito gostoso… um outro dia titia foi fazer uma visita a umas amigas nos fomos leva-la ate a casa que ficava em outra praia, quando estávamos voltando ele colocou a mão por cima dos meus ombros… me fazendo chegar pro seu lado encostando a cabeça no seu ombro fazia alguns mêses que a gente não transava…
— puxa faz tem que a gente não fica assim sozinhos não é meu querido..
— é mesmo titio… to com saudades…
— é mesmo hum então a gente vai ficar juntinhos em casa.. vamos nos deitar na minha cama e tu vai dar aquele chupadinha no titio… sorri pra ele que falava tudo de forma tão natural que já me deixava excitado levei a mão tocando o cacete por cima da bermuda…
— hum que gostoso gosta de brincar com o cacete do titio?
— gosto sim…
— então a gente vai se deitar na cama e tu vai me chupar quero te ver peladinho pro titio… vai ficar peladinho vai?
— vou sim… dei um beijinho no rosto dele…
Quando chegamos abri o portao ele colocou o carro na garagem fechando o portao entramos ele já veio logo me abrasando por trás me beijando o pescoço me deixando louco de tesão… tirou minha camiseta e ao chorte…
— ai titio o senhor não pode esperar…
— quero te ver peladinho aqui na sala… ri do seu jeito ele tirou a minha cueca me abraçando acariciando minha bunda… nos abrasamos..
— adoro beijar esta boquinha.. sua língua entrou na minha boca num beijo muito gostoso eu estava todo entregue e não me importava mais com nada do que ele fazia sua mão desceu tocando meu cacete e começou a bater uma penheta li na sala ainda em pé ele vestido eu pelado.. foi me punhetando cada vez mais e por fim acabei ali mesmo…
Fui ao banheiro e quando cheguei no quarto titio estava deitado no meio da cama pelado segurando o cacete…
— vem Bruninho chupar o pau do titio… subi na cama ficando de quatro baixei a cabeça tentando colocar mais ainda na boca chupei ele enquanto sau mão tocava a minha bunda o dedo pressionando o meu cu entrando um pouco o dedo me deixando louca de tesão…
— ai titio que pau gostoso falei enquanto batia uma punheta e beijava ele na boca…
— adoro a tua boquinha meu garotinho gostoso chupa mais… voltei a chupa-lo… depois de um longo tempo ele pediu…
— deixa eu comer a tua bundinha….
— ai tio vai doer…
— dessa vez eu passo um creminho meu amor vem deita aqui de ladinho… senti ele passar um creme geladinho no meu cu e no cacete dele e depois encostou e começou a forcar dei um grito quando a cabeça entrou ele parou a dor não era tão grande assim e agüentei ele me beijava a boca e o pescoço…
— vc é muito gostoso meu querido tá gostando?
— tá doendo um pouco mas não tira põem mais um pouquinho devagar…
Ele foi enfiando mais um pouco.. ate que senti sua barriga encostar nas minhas costas..
— hum que gostoso tá bom?
— to sim que pau bom titio come mais a minha bunda… ele saiu colocando mais creme e enfiou novamente me deixando louco e começou a mexer…
— agora vem senta em ciam do meu pau…
Subi colocando o cacete no meu cu e fui sentando era muito gostoso ele brincava com meu pau me deixando louco… mexendo mais e mais e por fim senti ele derramar no meu cu no mesmo instante que eu também gozei… nunca tinha imaginado que fosse tão gostoso transar assim.

A patir daquela nova transa me tornei amante dos meus tio, como já disse tivemos várias outras transas mas confesso que quando estava só com titio eu me sentia melhor muito mais prazer e fazia de tudo pra agrada-lo depois que terminou a temporada de ferias voltamos pra cidade mas quando surgia oportunidade a gente transava pra valer, isto durou um ano de muita transa e prazer ate que titio foi transferido novamente pra outro estado agora no Nordeste e nossas transas terminaram de vez.

Aguardo sua resposta.. de pessoas que já curtiram alguma experiência assim…
mmarcos@zipmail.com.br

2 Comentários para “Com meus tios”

  1. Solange Says:
    Adorei o conteudo do site…
    da uma olhada no meu
  2. rui Says:
    Muito bom.Simisso ja aconteceu comigo,com meu pai e com o irmao dele quado eu era bem pequeno,e foi muito bom enquanto durou.

Deixe Um Comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing