Contos Verídicos no Face
Disque Sexo
Disque Sexo
Categorias

Comi Minha Enteada e o Amiguinho Dela

Disque sexo

Conto enviado por: Casal formiga

Semana passada aconteceu a experiência mais louca da minha vida. Como não posso contar a ninguém estou extravasando nesse relato. O fato é: tirei a virgindade da minha enteada e do cuzinho do amiguinho dela. Foi a primeira vez que comi um homem.

Há cerca de seis meses estou namorando Adriana. Ela tem 37 anos, morena jambo, olhos negros, corpo muito bonito e uma mulher super batalhadora. Drica foi abandonada pelo pai da Cida logo que ela nasceu. Cida tem 15 anos é mais clarinha que a mãe, magrinha, mas com um peito lindo, que sempre me chama a atenção.

 

Desde o início do namoro Cida grudou em mim. Apesar de quietinha, percebi que ela era meio sonsa. Rodrigo é um adolescente da idade dela, totalmente afeminhado. Branquinho, cabelo liso, magro e de forma impressionante, tem um corpo extremamente feminino. Pernas torneadas, bumbum arrebitado e redondo e uma cinturinha mais marcante que a da Cida, por exemplo.

 

Adriana ficou muitos anos sem ninguém, quando começamos a nos relacionar foi muito legal e nossa cama foi uma explosão. Nosso sexo é muito bom. Ela se entrega totalmente, faz um anal maravilhoso, paga um boquete que é maravilhoso, espetacular. Só que nessa entrega acaba gemendo, as vezes gritando e Cida acaba escutando. Venho percebendo Cida soltando umas indiretas do tipo: “Poxa, ontem só dormi quando vocês acabaram de transar, minha mãe tava que tava, heim?” “Quando vc comer o cuzinho de mamãe fala pra ela não ficar gritando pra vc gozar nele.” Bom daí já deu pra perceber no que ia dar. Ela ficava acompanhando nossas transas. Pra ter a certeza eu coloquei meu celular gravando em cima da mesinha virado pra porta. Batata! Foi alguns minutinhos no quarto e lá estava ela atrás da porta, ouvindo e se tocando.

 

Ah! Fiquei louco e no dia seguinte fui cedão pra casa. Cida se assustou quando me viu, e eu quase caí pra trás. Ela estava nua, ajoelhada e pagando um boquete no viadinho do Rodrigo. Travei a passagem do corredor e como a roupa deles estava no quarto dela ficaram os dois pelados ali. “O que esta acontecendo aqui? Rodrigo não é gay? E aquele seu papo de virgem, Cida? Que queria um cara como eu pra vc perder a virgindade?” Eu tava meio que puto, surpreso e pensando como aproveitar aquela situação.

 

Cida me explica que estava explodindo de tesão pq me viu chupando a mãe dela e então ela e Rodrigo estavam brincando de um chupar o outro. O que me restou então? Organizar a putaria e me aproveitar.

Fomos pro quarto, Rodrigo disse que só tinha chupado um pau uma vez e que ainda era virgem. Fiz o seguinte, mandei os dois ajoelharem e fiquei revezando nas boquinhas. Depois foi a vez de Rodrigo e eu ficarmos em pé e Cida boquetar nós dois. Rodrigo chupa uma pica como gente grande. Foi então minha vez de mostrar a eles como se chupa. Botei os dois de quatro na cama e lambi a xaninha linda de Cida e seu cuzinho. Aquela imagem das duas bundas era linda e hilária. A bunda do Rodrigo era muito mais bonita que a da Cida e cheirosa, lisinha. Tratei aquele cuzinho muito bem, depois de dedinhos e lubrificantes e com a ajuda de Cida fui colocando minha pica. Rodrigo tava entregue e feliz. Logo estava rebolando e forçando pra minha pica rasgá-lo. Segurei naquela cinturinha linda e depois da pica já ter entrado a metade dei aquela socada. Ele gritou, mordeu o travesseiro, tentou tirar, mas eu travei sua cintura e fiquei ali, parado, atochado naquele cuzinho. Poucos segundos depois comecei a socar, tirava quase tudo e entrava. Rodrigo gozou, gritou, se acabou conhecendo a pica de um macho. Cida assistia a tudo, passava a mão no meu pau, tocava no pau do Rodrigo e passava na bucetinha dela.

Lavei o pau e foi a vez de comer o cuzinho de Cida. Foi mais difícil no início, mas quando ela se acostumou com a vara no cuzinho, caramba ela socou muito aquela bunda do no meu pau. Eu inaugurei o cuzinho dela com muita porra e depois a virei na cama e chupei muito aquela bucetinha. Hoje brincamos sempre. Eu, ela e Rodrigo. Estamos marcando pra tirar o cabaço de sua xaninha, mas isso é outra conversa.

Comentem e se quiser escrevam: casalformiga@hotmail.com

1 Comentário para “Comi Minha Enteada e o Amiguinho Dela”

  1. jhony Says:
    como gostaria de participar dessa putaria
    gostaria de comer eu vc ela juntos

Deixe Um Comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing