Contos Verídicos no Face
Aumente teu Pênis
Faça Sucesso
Categorias

Fui comida no ônibus…. e me dei mal

Disque sexo

Meu nome � Angel, tenho 1* anos, sou loira olhos verdes, cabelos longos e lisos, seios m�dios e durinhos, cintura fina, coxas grossas, bundinha empinada, sou uma ninfetinha sexy, safadinha e tarada por homens mais velhos! Num belo fui ao banco sacar um dinheiro da minha poupan�a, para uma viagem de fim de ano, que far�amos na escola, nem papai e nem mam�e poderiam me levar de carro, ent�o resolvi ir de �nibus, a ida at� que foi tranq�ila, mas na volta como era hor�rio de pico o �nibus estava lotado… um sufoco… Um calor intenso, as pessoas se empurrando para chegar � porta de sa�da, o �nibus chacoalhando e eu me equilibrando como podia. E l� se foi o coletivo com destino ao bairro onde eu morava. Uns quinze minutos de viagem eu senti algu�m se encostando em mim. Olhei. Era um coroa, acho que tinha a idade de papai, alto e forte “meu tipo de homem”… Nossa � pensei � que homem! Fiquei quieta. O coroa sarado, percebendo que havia me agradado, se encostou mais ainda, se esfregando em mim…. A cada solavanco que o �nibus dava ele aproveitava para passear a m�o no meu bumbum. E num momento em que os passageiros se arrocharam para caber mais gente, ele aproveitou e colocou a m�o sobre meus seios e come�ou massagear meus biquinhos que j� estavam durinhos. Eu estava arrepiada e com muito tes�o, mas disfar�ava para que n�o percebessem, afinal eu estava num �nibus e ali n�o era lugar para safadeza… rsrsrsrsrs O coroa, vestido com um terno elegante, come�ou a dar beijinhos no meu pesco�o, na minha orelha. Passou o bra�o pela minha cintura como se fosse meu namorado. Senti que ele estava com o pau duro e fiz um movimento para excit�-lo mais, arrebitando minha bundinha o m�ximo que podia e a esfregava em seu cacete. No �nibus o calor estava insuport�vel. Tentei abrir a janela do coletivo. O gostoso apertou o abra�o na minha cintura e com a outra m�o levantou meu vestido, que era longo e folgado. Estremeci… Segurei a frente do vestido para que tamb�m n�o fosse levantada. Ele se ajeitou, tirou o pau para fora e o meteu direto entre minha bunda. Disfar�adamente, eu fazia leves movimentos, para que aquele cacete penetrasse no meu cuzinho, ele n�o podia fazer movimentos sem chamar a aten��o de quem estava ao seu lado. O tes�o e a adrenalina eram tantos que nem senti dor na penetra��o. Ficamos v�rios minutos nessa sacanagem disfar�ada. Ent�o ele gozou. Enchendo meu cuzinho de porra, o esperma escorreu direto para minha cal�inha. Olhei para o teto do �nibus e revirei os olhos de prazer. Naquele instante desejei aquele cacete grande, grosso e duro dentro da minha bucetinha. Queria ele por cima por baixo, prend�-lo entre os seios, senti-lo no rosto, na boca, percorrendo meu corpo at� chegar a minha xaninha… Ele abaixou meu vestido e ficou um tempo abra�ado a mim, lambendo minha nuca, dizendo coisas como: – voc� � uma menina safada e gostosa � nunca comi uma ninfetinha num �nibus. Depois retirou o bra�o da minha cintura. Me virei e sorri para ele. Quando me virei novamente, o homem j� havia ido embora. Puxa � pensei� n�o deu nem para perguntar o nome dele. Finalmente cheguei em casa. Estava suada, com a cal�inha molhada de esperma. Queria um banho. Foi o que fiz. No banheiro, nua embaixo do chuveiro, pensei naquele pau gostoso. Comecei a acariciar meus seios, descendo pela barriga at� chegar � minha bucetinha e imaginei aquele pau abrindo espa�o para penetrar minha xaninha, me possuindo. Me masturbei pensando no coroa misterioso do �nibus e gozei demoradamente com a �gua morna escorrendo pelo meu corpo… Estava em meu quarto quando a Bia entrou, contei pra ela o que tinha acontecido, claro me chamou de louca! Depois de muito papo, ela perguntou se eu tinha pegado o dinheiro no banco, eu disse que sim, e quando fui pegar minha carteira na bolsa… Arregalei os olhos e fiquei branca como papel. Bia vendo meu estado perguntou se eu estava passando mal, gaguejando eu disse: – Meu Deus, eu fui roubada! O filho da puta do �nibus roubou minha carteira com todo dinheiro da viagem…

2 Comentários para “Fui comida no ônibus…. e me dei mal”

  1. Dodo Says:
    kkkkkkk…si fudeuuuuu….levou no cu e ainda pagou….kkkkkkk. Se quiser eu fodo seu cuzinho e no cobro nada..kkk. Tenho 41 anos, sarado e safado. ( Meu msn: dsantos36@hotmail.com )Se for menor de idade, estou fora.
  2. jose Says:
    O gozo paga-se caro (especialmente quando sobre quatro rodas)

Deixe Um Comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing