Contos Verídicos no Face
Disque Sexo
Disque Sexo
Categorias

Saudades do meu padrasto

Disque sexo

Conto enviado por: L.P.

Lembro que quando eu estava com 5 anos de idade minha mãe casou com o meu padrasto. Nessa época eu fiquei na casa da minha avó. Só depois de algum tempo a minha mãe veio me buscar para morar com ela, eu já estava com 7 anos de idade. Lembro que tinha um quarto grande só para mim e muitos brinquedos. Eu fiquei muito  feliz na casa nova.
Meu padrasto era muito atencioso e tinha muito tempo livre, trabalhava em casa mesmo, fazendo digitação de trabalhos de universitarios. Como a minha mãe era professora de duas cadeiras e passava o maior tempo fora de casa, ele me ajudava em todas as tarefas tanto de casa como escolares, preparava o almoço, arrumava a casa, etc.

 

 

Lembro que quando a minha mãe chegava eu já estava dormindo.  Encontrava com ela só no café da manhã, mas mesmo assim muito rápido. Como eu estudava a tarde, meu padrasto que cuidava de mim. Ele me ensinava tudo ate banho ele me dava, coisa que eu amava quando ele fazia. Ele me esfregava com esponja o meu corpo inteiro, mas a minha xoxotinha ele esfregava com mão fazendo bastante espuminha depois abria ela e colocava o chuveirinho  pra tirar a espuminha. Lembro que todas as vezes eu abria bem as perninhas e pedia pra ele deixar o chuveirinho mais tempo. Ele ria de me ver assim toda arreganhadinha esperando o chuveirinho.
Quando eu estava com 10 anos de idade a rotina continuava mas ele não me dava mais banho, só quando eu pedia pra ele esfregar as minhas costas. Teve um dia que eu falei pra ele que eu sentia saudades quando ele dava o banho e gostava muito de quando ele esfregava a minha xoxotinha. Ele ficou parado, me olhando e falou que eu já estava crescidinha e poderia fazer isso sozinha. Mas eu ensisti pra ele fazer. Ele se abaixou na minha frente, passou o sabonete na mão e começou a esfregar, eu abri bem as pernas pra ele esfregar melhor a xoxotinha, ele esfregava rápido e com força fazendo as espuminhas, era delicioso a forma como ele limpava a minha bocetinha, eu lembro que eu apoiava nos ombros dele pra não cair, Ai ele abriu a minha bocetinha e colocou o chuveirinho. Vi que ele estava olhando a minha xoxotinha ate com os olhos vidrados.  Ele se levantou rápido e saiu da banheiro me mandando enxugar e vestir roupas. Numa certa noite  eu levantei pra beber agua, e escutei uns gemidos que vinha do quarto da minha mãe, estava com a porta aberta e com as luzes apagada eu vi pelo reflexo da luz da rua minha mãe de costas para a porta onde eu estava , ela nua sentada  com as pernas abertas e pulando  cima do meu padrasto nu. Fiquei olhando aquilo escondida, não sabia o que era, mas fiquei curiosa. Depois de algum tempo, minha mãe saiu de cima dele que eu vi que ela estava com o pau dele todo metido na boceta dela. O pau era enorme, eu estava assustada com aquilo. Notei que ele subiu em cima dela e começou a empurrar com força nela, Fui pro meu quarto, sentindo algo estranho na minha xoxotinha. Passei o dedinho na minha bocetinha estava super molhadinha, fiquei coçando ela ate pegar no sono. Passou uns dias eu pedi novamente pra ele entrar no banheiro e esfregar as minhas costas, Ele veio todo atencioso, esfregou as minhas costas e já ia saindo do box quando eu perguntei se ele não iria lavar a minha bocetinha tambem. Ele ficou pensativo e abaixou passou o sabonete na mão e esfregou com força como ele sempre fazia, enquanto ele me esfregava eu falava pra ele que aquilo era gostoso demaiss, eu gemia pedindo pra ele fazer mais, então ele caprichou e falou se vc gosta então eu vou esfregar bastante pra deixar ela bem limpinha, e começou a esfregar com mais força e passava os dedos de uma forma que eu tinha que apoiar nele pra não cair meu corpo inteiro tremia de vontade. Depois de algum tempo ele pegou o chuveirinho e abriu a minha bocetinha pra receber o jatinho d´agua, depois do jatinho ele olhava a minha bocetinha .Quando eu percebi o volume que estava por baixo da bermuda dele, perguntei por que ele estava daquele jeito, e contei o que tinha visto minha mãe pulando nele. Ele estava super sem graça com a minha revelação. Mas disse que o que minha mãe estava fazendo era coisa de adulto. Mas eu perguntei por que o pau dele estava enorme , ele me falou que estava com muito leite no saco, por isso que ficava duro. Eu pedi para ele me mostrar o pau, ele estava muito preocupado, falou que se a minha mãe soubesse disso iria brigar comigo.Falei que ele estava cansado de ver a minha bocetinha o que tinha eu dar uma olhada no pau dele. Pedi pra ele não contar nada pra mamãe , mas que me mostrasse rápido o pau dele,  Ele meio sem graça, abaixou a bermuda e tirou o pau enorme de dentro da cueca, eu estava impressionada com o tamanho,e grossura. Ele já ia guardando o pau, eu perguntei pra ele onde ficava o leite, ele levantou o pau e me mostrou o saco, Peguntei como tirava o leite, Ele muito nervoso e preocupado, vem aqui que eu vou te mostrar como se faz. Me levou para a sala , sentou num sofa e me mandou sentar no colo dele de frente para ele,  e disse tem varias formas de tirar leite do saco , mas eu vou te mostrar uma. Eu estava com a bocetinha bem abertinha e perto do pau dele, ele começou a passar a ponta do pau na minha bocetinha. Minha bocetinha estava bastante molhada e isso facilitava ele esfregava o pau.  Aquilo era muito gostoso!!! Eu sentia tinha momento que subia um calor e parecia que estava tendo choquinhos pelo corpo inteiro.  Depois de algum tempo, ele avisou que ia sair o leite, nesse momento vi o meu padrasto descontrolado urrar com força e jogou muito leite por cima da minha boceta!!! Deste dia em diante ele sempre me sentava no colo dele pra tirar leite. Minha mãe nunca desconfiou de nada. Ele me ensinou monte de coisa, chupava minha bocetinha, me fazia mamar no pau dele. Depois de 2 anos, eu sempre ouvia a minha mãe a noite gemendo no quarto dela com o meu padrasto, isso me deixava louca de vontade de fazer a mesma coisa. Um dia quando eu estava sentada no colo do meu padrasto com ele esfregando a minha boceta, perguntei pra ele por que ele nunca fazia comigo o que ele fazia com a minha mãe. Ele me respondeu que a minha bocetinha ainda era muito pequena pra colocar o pau dele. Mas eu estava louca pra que ele fizesse isso, meter o pau. Pedi pra ele que eu queria tentar mesmo assim, ele ficou pensativo, e me falou que aquilo poderia doer. Mesmo assim eu estava muito curiosa, falei pra ele  enfiar. A minha bocetinha estava bastante molhada, ele parou de esfregar pau e colocou no lugar certo pra entrar. Começou a forçar de leve, mas o pau não entrava. Eu estava sentada no colo dele, ele me puxava mas o pau e nada de entrar. Então ele me levou pro meu quarto , me deitou na minha cama e me colocou por baixo dele com as pernas bem abertas ,  deu mais uma esfregadinha na minha boceta melada e colocou o pau bem na entradinha da minha boceta, deitou por cima e me segurou com força e cravou o pau na minha boceta!!!! Dei um grito, aquilo doeu muito me retorci querendo escapar, mas ele me apertou com força e continou empurrando para dentro. Eu sentia ele ragando e abrindo minha boceta. Como eu comecei a chorar ele parou de enviar o pau, mas não me soltou, pediu pra eu ficar paradinha que o pau dele já tinha entrado metade. Eu obedeci, fiquei quetinha nos braços fortes dele, ele tambem ficou parado pra eu acostumar com a invasão. Depois de um tempo, ele se levantou sem tirar o pau , pra ver como estava a minha boceta e me falou, vc já esta com a metade do meu pau dentro, fique paradinha que o pior já foi. Deitou novamente em cima de mim e começou a me beijar me dizendo que eu iria ficar igual a minha mãe gostosa pra fuder.  Depois disso ele começou a se mover de leve o pau dentro , doia muito mas ele não empurrava mais para dentro como tinha feito.  Foi aumentando o ritmo, ate que não aguentando mais, ele me avisou que ira gozar, me segurou novamente com força, me tascou um beijo e empurrou todo o pau com força, eu senti que ele não deixou nada pra fora. Minha boceta estava toda aberta e eu sentia que o seu pau era muito grande para mim, doia muito. Depois desse dia, ele me fez de putinha dele. Me comia direto durante o dia e a noite comia a minha mãe. Nunca contei nada pra ninguem. Eu gostava muito da forma como ele me fodia. Hoje eu já sou casada e sinto saudades do meu padrasto. As vezes quando meu marido me fode eu fantasio estar com o meu padrasto.
Espero que vcs gostem deste conto!!!

18 Comentários para “Saudades do meu padrasto”

  1. Paulo Says:
    Nossa quase gozei… lendo.. bjs
  2. Lívia Says:
    eu também Paulo
  3. N. Winchester Says:
    Nossa fiquei muito excitada.
  4. kleber Says:
    gostei bate uma punheta gostosa, gozei com nunca
    Me exito mt com contos e historia de quadrinhos
    kleber.manaus@hotmail.com
  5. Moreno Says:
    Muito bom mesmo! Deu prazer ler este conto! Quase consegui ejacular sem me tocar. Beijos.
  6. Casanova Says:
    Nossa que delicia iníciar uma sobrinha assim…Eu mesmo já iníciei a minha…
  7. nayara Says:
    tow todinha molhada…queria ter tido um padrasto desse…..ia m divertir muito
  8. brenda Says:
    nossa eu fiko muito exitada com esses contos…affs muit bm
  9. leonardo Says:
    Nossa delicia de conto..
  10. paulo Says:
    adorei, fiquei muito exitado.
  11. Lidia Says:
    Que conto delicioso! Gozei só de ler, queria um padrasto desse pra mim.
  12. K9 Says:
    Nossa q conto delicioso fikei toda molhadinha.e com vontade d fude gostoso.
  13. cris Says:
    minha buceta ficou molhadinha, adoraria ter sido comida assim.
  14. heros Says:
    eu tive que bater uma rapidim..nao guentei
  15. joao jon Says:
    nossa bati duas so de imaginar ,,, delicia de conto
  16. jose Says:
    se fosse ele contando a historia todo mundo estaria xingando chamando de pedofilo filho da puta ne?
  17. bruno Says:
    Pois é, jose,é muito hipocrisia. Fosse o narrador o pai, as criticas seriam de filho da puta pra cima, mas como é a menina safadinha e tal, todo mundo goza, hipocritas de merda.
  18. paulaó Says:
    filho da puta tarado safado seu lugar e´na cadeia pedoofelo .

Deixe Um Comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing