Contos Verídicos no Face
Publicidade
Produtos Originais
Categorias

Sexo no busão

Disque sexo

Esse conto, aconteceu a pouco tempo, tudo começou quando percebi que no busão que eu voltava do trabalho, tinha uma morena me encarando toda vez que ela ia descer em seu ponto. Até que então, resolvi, fazer o mesmo, e comecei a encara-la toda vez que ela ia descer, passado alguns dias nisso, ela começou a sentar sempre atrás no onibus, pois eu sempre sentava atrás e ela sempre ficava do meio pra frente, com um tempo ela sentou logo atrás da cadeira que eu vinha, sempre sentei na mesma cadeira era um costume isso, e ela passou a sentar sempre atrás de mim.

Passado alguns dias sem que eu falasse nada com ela, ela tomou a iniciativa e começou a alizar minhas costas e pescoso, então foi quando disse a ela,- mão boba essa sua não é? ela com uma carinha sem vergonha me responde,-e culpa do balançado do onibus, ai minha mão fica batendo em vc, isso repetiu se varias vezes, até que um dia resolvi brincar também, e comecei a passar as mãos em suas pernas e ela gostando da brincadeira, levou minha mão por cima da calça até sua xoxotinha e comecei a dar uns apertos na xoxota dela, que ela gemia de tanto tesão, e ficava pegando no meu pau.
Era sempre cedo do dia eu trabalhava a noite, e ela de dia. Eu pegava o busão pra ir pra casa e ela pra ir pro trabalho, sempre pegavamos o mesmo onibus e o horário desse buso era sempre vago, assim faziamos as coisas bem a vontade, meu primo que trabalhava comigo sabia e sentava um pouco afastado de nós, o tempo foi passando e as brincadeiras aumentando a intensidade.
Então pedi a ela que passasse a usar saias, já que ela gostava de calças jeans, no outro dia quando ela subiu no onibus, logo me alegrei, pois ela passou a vi de saia, quando vi ela de saia meu pau ficou logo duro, só em ver aquelas pernas maravilhosas, como sempre faz ela sentou na cadeira por trás da minha, então pedi que ela sentasse do meu lado, e ela negou se fazendo joguinho de sedução. Passei a jogar o joguinho dela, e fingi que estava chateado logo ela venho sentar do meu lado e perguntou se eu tinha ficado com raiva, respondi, passando as mãos em suas pernas, ela dizendo que eu era safado começou a pegar no meu pau, entáo comecei a passar a mão pra dentro de sua saia e passar na xoxota dela que já tava ensopadinha.
Fui tirando meu pau pra fora da bermuda e colocando sua mão em cima, ela começou a bater uma punheta, que foi me deixando louco, e depois se abaixou e foi fazendo um boquete maravilhoso, ela colocava meu pau todo em sua boca e tirava com tanto gosto que não resisti e gozei em sua boca, ela engoliu tudo dizendo que estava mais forte, pois acabava de tomar uma vitamina gostosa. Então ela disse que agora era a vez dela gozar e foi tirando sua calcinha e sentando em cima do meu pau, e no sobe e desce frenetico, foi pulando em meu pau, assustado com os movimentos dela, olhei pra frente pra verificar se alguem estava olhando, pois tinhas uns 3 passageiros o cobrador e o motorista, e vi que ninguem olhava, engano meu.
Ela continuava cavalgando em meu pau e começou a dizer que ia gozar, e foi aumentando o ritmo do sobe e desce até que nós dois gozamos juntos, ela sentou do meu lado e disse que tinha sido a trepada mais gostosa e perigosa que já tinha dado, quando olhei novamente pra frente observei o motorista olhando pelo espelho e rindo. Cofesso que fiquei um pouco sem jeito, mais foi tão bom que aquilo não me preucupou. Bom, assim termina mais um conto meu espero que tenham gostado. 

1 Comentário para “Sexo no busão”

  1. wilson Says:
    que linha de onibus é essa cara, me diz e se tiver o telefone dela tambem aceito

Deixe Um Comentário

WP-SpamFree by Pole Position Marketing