Archive for the ‘Teens’ Category

Como fodi a diarista – Quarta Parte

quinta-feira, abril 16th, 2015

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por:PASTOR VINICIUS
Conto: Depois de algum tempo afastado por motivo de viagem cumprindo missão imposta pela
Força onde pertenço retornei a minha cidade onde moro voltando a igreja para me inteirar de todo acontecimento, foi quando deparei com anadir e saudosa trocamos algumas palavras tinha que reservar atenção para as irmãs que a mim chegava. Mais tarde quase na hora de me retirar Anadir esteve comigo e que domingo iria até meu ap para conversamos dei 0k e ficaria aguardando pois também sentia saudades dela.

(mais…)

A Empresária

segunda-feira, março 23rd, 2015

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Afilhado Carioca
Conto: Olá, sou Edu, tenho 34 anos, sou casado, tenho 1,69m, 70kg, moreno, olhos castanhos bem claros, cor de mel, cabelos pretinhos iguais de índio, sou um homem muito educado, simpático e sempre fui muito discreto.

O que vou relatar aqui, aconteceu alguns anos atrás, mas depois que conheci este site achei super interessante externar as minhas experiências ao longo dos comentários….
Sempre tive atração por mulheres casadas ou noivas e sempre imaginei ter essa experiência, no meio de um turbilhão de coisas/trabalhos, eu e uma Empresária casada que nos falávamos educadamente, ela 39 anos, linda, cabelos lisos pretinhos, estilo branca de neve, com as pernas lindas, tudo em forma….

(mais…)

Nova aventura com Paulinha e Olívia

quinta-feira, dezembro 25th, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: R.M.
Conto: Há tempos venho não relato nossas aventuras por falta de tempo.
Conheci Alana através deste site, teclo todos os dias com ela, isto não me deixa tempo para redigir os relatos. Como estava devendo este a ela, redigi por completo e aproveitei para colocar no site.
Um abraço a todo vocês que acompanham nossa saga ou como disse Alana; As estripulias de Olívia e Paulinha.

Vou tentar ser mais direto, não sei se vou conseguir.
Estava trabalhando quando Olívia me chama no MSN só ai eu soube que ela estava de féria, aproveitara para fazer alguns exames médicos para coloca à saúde em dia, uma das consultas seria no centro de Fortaleza, início de noite.

(mais…)

Olivia foi par o banheiro e eu em seguida

segunda-feira, dezembro 22nd, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: O.A.
Conto:

Fiquei apreciando Olívia no banho, entrei no chuveiro e ela saiu enrolando-se numa toalha e detendo-se no espelho. Em seguida ela levanta a toalha expôs aquele lindo bundão, empinou-o, passa os dedos nas beiradas do cu, alisou a bunda olhou para ela e disse:

– Minha bunda tá ardendo! Tu ainda vai deixar hematomas e vai me complicar.
Sorriu a safada voltou-se para o espelho arrumando os cabelos, deixando a bunda empinada para fora da tolha e provocou-me  com leves rebolados.

(mais…)

Convidada a navegar e fuder

domingo, dezembro 21st, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: Z.M.
Conto: A amiga de Meg, a Lúcia, que os leitores já conhecem, esteve em nosso apartamento outro dia. Estava bem queimada de sol.
– Gente, estive em Angra. Uma delícia de lugar, vocês conhecem?
– Sim, já estivemos lá algumas vezes.
– Sol maravilhoso, olha só como queimei!
E nos mostrou os seios, que não tinham marquinha alguma. A Meg sacou logo que ela queria contar alguma coisa interessante.
– Onde é que você tomou sol pelada, dona Lúcia? Nas praias é que não foi!
– Ah! Nem te conto!

(mais…)

Bela orgia da turma da faculdade

quarta-feira, novembro 19th, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: A.P.
Conto: Se as festas do cabide aconteciam na calada da noite, os churrascos aconteciam enquanto durava o dia. E viravam orgias mesmo!
Lembro de um, na fazenda dos pais de um colega nosso. Evidentemente os pais não estavam lá no dia em que fomos. E mal chegando já fomos todos tirando as roupas. Num grande gramado que havia perto da churrasqueira, ficamos jogando bola, todo mundo pelado, homens e mulheres, e o jogo servia só para agarrarmos as meninas.
Terminado o jogo, elas foram se refrescar com banhos de mangueira, o que serviu para novas brincadeiras, com elas molhando todo mundo que aparecia por lá. E aí observamos que a farra já começava. Já tinha gente chupando o pau de colegas sentados nas cadeiras perto da churrasqueira. Alguns assistiam, outros se divertiam vendo as meninas molhando todo mundo.

(mais…)

Sexo na copa

sexta-feira, outubro 31st, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: P.K.
Conto:

Dia 15-06-2010 Aqui em Fortaleza estava e ainda hoje dia 23-06-2010, encontra-se em greve de transporte escolar, era o primeiro jogo da Seleção Brasileira na copa da África.

Haveria encontro de minha família na casa de minha irmã, Mazé foi somente assistir ao jogo, voltou ao trabalho em seguida. No caminho para o shopping meu celular toca, era Paulinha. Não atendi, explicando a Mazé que deveria ser algum cliente, como não voltaria a trabalhar não tinha por que atender.

Após sair de estacionamento, liguei para ver o que Paula queria.

(mais…)

Boceta Oferecida

sexta-feira, setembro 26th, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: H.V.
Conto: Quem acompanha meus relatos deve ter lido NIFETA OFERECIDA acontecido em 2010, o relato de agora é com a mesa NINFETA agora com 18 anos.

Em Novembro de 2010 fui assediado por uma Linda ninfeta de 16 anos só que, em seus documentos constavam com 17. Hoje ela tem 18 anos, naturalmente já é adulta não importa mais seus documentos. Não cheguei a penetrar a putinha como devia, gozei na junção de suas pernas, leiam NINFETA OFERECIDA.
Nesta segunda feira, dia 30-04-2012 foi diferente, penetrei em todos os orifícios imagináveis.
Desde o enterro de minha sogra, que eu não me contatava com Aneide, há umas duas semanas (não lembro bem a data) Aneide me telefonou dizendo ter completa 18 anos e estava me ligando para eu terminar o que havíamos começado.

(mais…)

Segunda Opinião

segunda-feira, abril 14th, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: S.C.
Conto: O primeiro dia de aulas não se esquece quando começa bem, início de semestre, curso de Administração, uma professora despertou meus impulsos sexuais. Chamava-se Melissa, linda, 35 anos, alta, rosto bonito, pernas bem torneadas, sorriso contagiante, linguagem correta, sofisticada, sotaque alemão, um colírio para os meus olhos.

Não preciso dizer que os alunos, do sexo masculino, estavam caídos por ela e que muitas masturbações foram executadas em seu louvor nos WC da Faculdade…!

(mais…)

Fui pedalar e acabei enrabado

segunda-feira, abril 14th, 2014

Envie os contos para: contato@contosveridicos.com.br
Conto enviado por: M.L.
Conto: Meu nome é Marcelo, tenho 29 anos, sou moreno 1,70 de altura e 75Kgs, tenho uma bunda bem carnuda e coxas grossas e não sou afeminado. Eu cheguei em casa após um dia cansativo de trabalho…estava calor e fui tomar banho e me preparar para andar de bicicleta, uso aquelas roupas de lycra para pedalar. Gosto de pedalar a noite, fui até o Parque do Ibirapuera e parei um pouco e fiquei observando. Nisso encostou um senhor, devia ter uns 50 anos, de roupa esportiva, estava caminhando , começou a puxar conversa, muito bom de papo e ficamos uns 20 minutos conversando.

 

(mais…)

A mãe de minha amante, Paulinha

terça-feira, março 11th, 2014

Envie teus contos para: contato@contosveridicos.com.br

A mãe de minha amante, Paulinha
Decidi sair de casa em outubro de 2012. Depois que disse a Mazé que iria romper com nossa relação em (janeiro de 2012), ela mudou muito. Voltou a ser como antes e cortou o umbigo umbilical com seus filhos, inclusive Olívia, mais… Não era mais ela que precisava mudar e sim, eu!
Engraçado que ao sair de casa, senti (e ainda sinto) um enorme vazio e cheio de incertezas até hoje. Muitos dos que conviviam entre nós ainda não sabem de nossa separação.

 

(mais…)

A PRIMA DE MINHA MULHER

terça-feira, fevereiro 11th, 2014

Conto enviado por: A.S.

Envie teus contos para: contato@contosveridicos.com.br

Sou Anthony, negro simpático, 50 anos, 175 m, 88 kg, bem distribuídos e muito tesão para partilhar. Eu não escrevo contos, eu transcrevo minhas experiências. O que relato aqui aconteceu realmente, local e nome das pessoas foram trocados por motivos óbvios de discrição e sigilo.

 

(mais…)

Os tipos de sexo

segunda-feira, janeiro 13th, 2014

Envie teus contos para: contato@contosveridicos.com.br

Sexo é tudo igual? Que nada! Conheça os tipos de sexo que você deve experimentar.
Depende do local, do seu humor e até mesmo do grau de intimidade com seu parceiro. Mas sexo pode se apresentar em diversos estilos, modalidades e intensidades. Você já praticou todos os tipos? Vamos conhecer alguns.

1. De reconciliação: Todo mundo fala que o melhor sexo é logo após uma briga, com muita adrenalina fluindo. Mas cuidado para não transformar DRs em alavancas para uma boa transa. Descarregue sua raiva com um belo orgasmo e perdoe o gato (ou a si mesma!) pela discussão! Aproveite para extravasar toda a tensão em altos momentos de puro sexo!

 

(mais…)

TIRANDO O CABAÇO DO CUZINHO DA MINHA NAMORADA

sexta-feira, dezembro 13th, 2013

Conto enviado por: W.R.

OLA PESSOAL !
MEU NOME E WEVERTON E TENHO 21 ANOS . E SOU MILITAR.(TARADO)

NESTA ULTIMA SEGUNDA FEIRA ESTAVA EM CASA DEPOIS DE UM EXPEDIENTE CHEIO DE TORMENTAS NO SERVIÇO, FOI ENTÃO QUE MINHA NAMORADA CHEGOU E COMEÇAMOS A TROCA CARICIAS.

NÃO DEU OUTRA MEU IRMÃO!
COMECEI A TIRA A ROUPA DELA, ARRANQUEI A BLUSA E LOGO FUI DANDO UM BANHO DE LINGUA NELA ;), TIREI AS CALÇAS DELA E QUANDO TOQUEI NA CALCINHA DELA, NOSSA SENHORA QUI DELICIA ELA JA ESTAVA TODA MOLHADINHA LOUCA PRA ME DA.

 

(mais…)

Caminhoneiros machistas ao extremo

quarta-feira, novembro 27th, 2013

Me chamo Bruno, tenho 24 anos. Moro com meu pai, Ivan, 48 anos, moreno claro, 1,89m, olhos verdes, cabelos escuros com alguns fios grisalhos, um coroa conservado, devido ao fato de ser caminhoneiro, e pelos por todo o corpo. Quando eu tinha 3 anos, minha mãe nos deixou e foi embora, e papai me criou sozinho. O tempo passou e quando eu estava com catorze anos, papai decidiu que mudaríamos para a cidade de Cubatão, já que ele trabalhava para uma empresa que transportava cargas para uma usina daquela cidade. Nessa nova cidade, eu não conseguia me adaptar nem me enturmar com as crianças da minha idade.

 

(mais…)